Homem tenta fugir mas é executado por pistoleiros

Funcionário de uma fazenda localizada em uma zona de produção de maconha, Polaco tinha escapado com vida de um atentado havia 11 anos e o crime nunca foi desvendado pela polícia

| INFORMATIVOMS / ANTONIO COCA


Foto: Divulgação

Dois homens em uma motocicleta executaram no final da tarde desta quarta-feira (13) o paraguaio Pedro Porfírio Pereira Palácio de 47 anos, conhecido como Polaco. O crime aconteceu no bairro Obrero em Capitan Bado cidade paraguaia que fica ao lado de Coronel Sapucaia.
Polaco estava sentado em frente a uma residência quando os assassinos chegaram e um deles disparou várias vezes contra ele.
Mesmo ferido ele ainda tentou fugir, mas foi alcançado e morto com diversos tiros de pistola 9 milímetros dentro da casa de ex-mulher identificada como Sunilda Del Vale Gomes de 40 anos.
No momento do atentado Polaco estava conversando com o jornaleiro Agripino Gomes Mongelos de 56 anos que disse aos policiais que o pistoleiro tinha Polaco como alvo e sequer o ameaçou. Ele disse não conhecer os suspeitos.
Funcionário de uma fazenda localizada em uma zona de produção de maconha, Polaco tinha escapado com vida de um atentado havia 11 anos e o crime nunca foi desvendado pela polícia.
A Polícia Nacional do Paraguai fez rondas pela região e pediu auxílio para a Polícia Militar de Coronel Sapucaia, mas nenhum suspeito foi preso.

Polaco ainda tentou fugir, mas acabou alcançado e morto pelo pistoleiro. (Foto: Divulgação)


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE