Câmara de Camapuã é investigada pelo MP por não realizar concurso público

A necessidade da abertura do concurso público veio após uma recomendação do TCE-MS

| LUCAS MAMéDIO / CAMPO GRANDE NEWS


Vereadores de Camapuã durante sessão na Câmara Municipal (Foto: Divulgação)

A Ministério Público de Mato Grosso do Sul abriu um inquérito civil para investigar possível omissão da Casa na realização de concurso público. A necessidade da abertura do concurso público veio após uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS).

A recomendação foi feita nominalmente a dois ex-presidentes, Almir de Oliveira e Lellis Ferreira da Silva (Podemos), sendo este último ainda vereador pela cidade. Ela solicitava a realização de certame para o cargo de contador.

Segundo inquérito, presidido pelo promotor Henrique Bertocco Souza, a Câmara tem gasto muito maior com a contratação do serviços contábeis de forma terceirizada do que se pagasse um servidor efetivo.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE