Sem vacina, Djokovic tem pedido de entrada nos Estados Unidos negado e está fora do Indian Wells

Tenista não é vacinado contra a covid-19 e o governo americano proíbe a entrada de estrangeiros sem comprovante. Sérvio também deve ficar de fora da disputa do Masters 1000 de Miami

| GLOBOESPORTE.COM / REDAçãO DO GE


Djokovic está fora do Indian Wells — Foto: Sarah Stier / Getty Images

Pedido especial negado. Número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic não conseguiu a liberação necessária pelo governo dos Estados Unidos para entrar no país e disputar os Masters 1000 de Indian Wells e Miami.

Djokovic havia solicitado uma isenção especial da regra que permite apenas a entrada de estrangeiros vacinados contra o corona vírus nos Estados Unidos. Apesar do apoio do US Open e da Associação de Tênis dos Estados Unidos (USTA), o tenista não conseguiu a autorização do governo americano. Com isso, o maior campeão do Indian Wells, ao lado de Roger Federer com cinco títulos, ficará de fora da disputa pela terceira edição consecutiva.

A organização do torneio confirmou a desistência do sérvio do torneio e anunciou o tenista Nikoloz Basilashvili, da Geórgia, para o seu lugar. A primeira rodada da chave principal do Masters de Indian Wells será realizada na próxima quarta-feira, dia 8, enquanto o Masters de Miami terá início no fim de março.

Djokovic agora se junta ao tenista espanhol Rafael Nadal como ausência do Master 1000 de Indian Wells. Afastado das quadras desde o Australian Open por lesão no quadril, Nadal já anunciou que não disputará a edição deste ano porque ainda está se recuperando da contusão.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE